Você está em: Início >

Gabinete de Avaliação da Qualidade

Competências do Gabinete de Avaliação e Qualidade (GAQ):

Cumprir o disposto na Lei da AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO ENSINO SUPERIOR de 22 de Março de 2007, cujo objeto da avaliação (artigo 3.º) se centra em:

  • a. A avaliação tem por objeto a qualidade do desempenho dos estabelecimentos de ensino superior, medindo o grau de cumprimento da sua missão através de parâmetros de desempenho relacionados com a respetiva atuação e com os resultados dela decorrentes;
  • b. A avaliação tem em especial consideração, na definição e aplicação dos parâmetros de desempenho, a diferença de objetivos entre o ensino universitário e o ensino politécnico;
  • c. A avaliação tem por referencial as boas práticas internacionais na matéria;

São apontados como parâmetros de Avaliação da Qualidade do Ensino Superior (artigo 4.º), os seguintes:

Parâmetros de avaliação da qualidade relacionados com a atuação dos estabelecimentos de ensino superior:

  • O ensino ministrado, designadamente o seu nível científico, as suas metodologias de ensino e aprendizagem e os processos de avaliação dos estudantes;
  • A qualificação do corpo docente e a sua adequação à missão da instituição;
  • A estratégia adotada para garantir a qualidade do ensino e a forma como a mesma é concretizada;
  • A atividade científica e tecnológica devidamente avaliada e reconhecida, a um nível adequado à missão da instituição;
  • A cooperação internacional;
  • A colaboração interdisciplinar, interdepartamental e interinstitucional;
  • A eficiência de organização e de gestão;
  • As instalações e o equipamento pedagógico e científico;
  • Os mecanismos de ação social.

Parâmetros de avaliação da qualidade relacionados com os resultados decorrentes da atuação dos estabelecimentos de ensino superior:

  • A adequação do ensino ministrado em cada ciclo de estudos às competências cuja aquisição aqueles devem assegurar;
  • A realização de ciclos de estudos em conjunto com outras instituições, nacionais ou estrangeiras;
  • A procura por parte dos estudantes;
  • A abertura a novos públicos e a capacidade de promover a sua integração com sucesso;
  • O sucesso escolar;
  • A inserção dos diplomados no mercado de trabalho;
  • A produção científica e tecnológica a um nível adequado à missão da instituição;
  • O contacto dos estudantes com atividades de investigação desde os primeiros anos;
  • A valorização económica das atividades de investigação e de desenvolvimento tecnológico a um nível adequado à missão da instituição;
  • A integração em projetos e parcerias internacionais;
  • A prestação de serviços à comunidade;
  • O contributo para o desenvolvimento regional e nacional a um nível adequado à missão da instituição;
  • A ação cultural e, designadamente, o contributo para a promoção da cultura científica;
  • A captação de receitas próprias através da atividade desenvolvida;
  • A informação sobre a instituição e sobre o ensino nela ministrado.

São objetivos da avaliação da qualidade (artigo 5.º):

  • a. A melhoria da qualidade das instituições de ensino superior;
  • b. A informação fundamentada da sociedade sobre o desempenho das instituições de ensino superior;
  • c. O desenvolvimento de uma cultura institucional interna de garantia de qualidade.

Atividades desenvolvidas pelo GAQ:

A - Autoavaliação dos cursos em funcionamento na ESDRM, no âmbito da A3ES:

No âmbito das responsabilidades do GAQ, serão realizados os relatórios de autoavaliação dos cursos em funcionamento na ESDRM, com a realização de tarefas de compilação, atualização e disponibilização da informação respeitante às diversas áreas de atuação da ESDRM, em cada ano letivo, e particularmente, quando solicitado pela A3ES no âmbito da avaliação e acreditação dos cursos conferentes de grau.

B - Implementação do Sistema Interno de Garantia da Qualidade do Instituto Politécnico de Santarém (SIGQIPS):

O trabalho conjunto entre as 10 unidades orgânicas (UO) do IPS, sob orientação da Pró-presidência para a Implementação do Sistema Interno de Garantia da Qualidade do Instituto Politécnico de Santarém (SIGQIPS), assentou na definição das figuras de Gestores de Processo, Coordenadores Locais de Processo e Auditores Internos, tendo sido concluído em 2013. Em 2014 objetiva-se a sua implementação.

Este trabalho no âmbito do SGQIPS permitiu identificar os processos, sistematizar normas e procedimentos e, identificar modelos/minutas relativos à estrutura documental de cada unidade orgânica para a elaboração do documento de candidatura do IPS a acompanhamento pela A3ES. Posteriormente, decorrerá a implementação do sist